Eu sou

um livro aberto

Sem histórias

Um sonho incerto

Sem memórias

Do meu passado

que ficou

Eu sou um

porto amigo

Sem navios

Um mar

Abrigo

a muitos rios

Eu sou apenas

o que sou

"MOÇO VELHO"




Photobucket

::::::::::::::::::::::::::::::::::: AWARD:::::::::::::::::::::::::::::::


::::::::::::::::::::::::::::::::::: LINK:::::::::::::::::::::::::::::::


::::::::::::::::::::::::::::::::::: PRESENTES OFERECIDOS:::::::::::::::::::::::::::::::

:::PRESENTES:::

:::PRESENTE DE NATAL :::


::::::::::::::::::::::::::::::::::: PRESENTES GANHOS:::::::::::::::::::::::::::::::

:::PREMIOS:::

:::DESTAQUES:::

:::AWARDS:::

:::PRESENTES:::

:::LINKS:::

:::NATAL/2008:::

::: NATAL/2009:::

:::MIMOS DE PÁSCOA:::

:::DATASCOMEMORATIVAS:::


::::::::::::::::::::::::::::::::::: MUSICA:::::::::::::::::::::::::::::::

(Ontem ao Luar-Marisa Monte)musica

Photobucket
Eu nunca imaginei
Que houvesse no mundo
Um amor desse jeito
Do tipo que quando
Se tem não se sabe
Se cabe no peito

Mas eu posso dizer
Que sei o que é ter
Um amor de verdade
E um amor assim
Eu sei que é pra sempre
É pra eternidade

Roberto Carlos

Photobucket

::::::::::::::::::::::::::::::::::: PARTICIPO:::::::::::::::::::::::::::::::




Photobucket


VejaBlog - Seleção dos Melhores Blogs/Sites do Brasil

Photobucket

Photobucket

Photobucket

::::::::::::::::::::::::::::::::::: MURAL:::::::::::::::::::::::::::::::

Photobucket

Photobucket

Photobucket

O homem não pode
viver sem música.
A vida sem música
é um deserto.
A alma se perde
entre as dunas
do silêncio
e o corpo fenece
ávido de sons,
de melodia e de poesia.

A música nasce
com o ser humano.
Quem duvidar
basta observar um bebê.
Ele chora, pensa você,
mas não é choro,
é o canto,
a música que está
gravada na sua alma.

(Maria Hilda)

Photobucket

Photobucket

Photobucket

Photobucket

Photobucket
Histórico:

- 15/08/2010 a 21/08/2010
- 17/01/2010 a 23/01/2010
- 22/11/2009 a 28/11/2009
- 27/09/2009 a 03/10/2009
- 16/08/2009 a 22/08/2009
- 17/05/2009 a 23/05/2009
- 03/05/2009 a 09/05/2009
- 19/04/2009 a 25/04/2009
- 29/03/2009 a 04/04/2009
- 08/02/2009 a 14/02/2009
- 18/01/2009 a 24/01/2009
- 21/12/2008 a 27/12/2008
- 07/12/2008 a 13/12/2008
- 23/11/2008 a 29/11/2008
- 16/11/2008 a 22/11/2008
- 09/11/2008 a 15/11/2008
- 26/10/2008 a 01/11/2008



Outros sites:

- UOL - O melhor conteúdo
- BOL - E-mail grátis


Votação:

- Dê uma nota para meu blog

Indique esse Blog


Contador:

Código html:
Cristiny On Line

Lay: CMI



PREMIOS***DESTAQUES***PRESENTES

:::PREMIOS:::DESTAQUES:::PRESENTES:::

Recanto das fadas Recanto das fadas Recanto das fadas



Ontem ao luar
Nós dois em plena solidão
Tu me perguntaste
O que era dor de uma paixão
Nada respondi
Calmo assim fiquei
Mas fitando azul do azul do céu
A lua azul e te mostrei
Mostrando a ti dos olhos meus correr senti
Uma nívea lágrima e assim te respondi
Fiquei a sorrir por ter o prazer de ver a lágrima nos olhos a sofrer
A dor da paixão não tem explicação
Como definir o que só sei sentir
É mister sofrer para se saber
O que no peito o coração não quer dizer
Pergunto ao luar travesso e tão taful
De noite a chorar na onda toda azul
pergunto ao luar do mar a canção
Qual o mistério que há na dor de uma paixão
Se tu desejas saber o que é o amor
Sentir o seu calor
O amaríssimo travor do seu dulçor
Sobe o monte a beira mar ao luar
Ouve a onda sobre a areia lacrimar
Ouve o silêncio a falar da solidão
De um calado coração
A penar a derramar os prantos seus
Ouve o choro perenal a dor silente universal
E a dor maior que a dor de Deus
Se tu queres mais
Saber a fonte dos meus ais
Põe o ouvido aqui na rósea flor do coração
Ouve a inquietação da merencória pulsação
Busca saber qual a razão
Porque ele vive assim tão triste a suspirar
A palpitar em desesperação
Na teima de amar um insensível coração
Que a ninguém dirá no peito ingrato em que ele está
Mas que ao sepulcro fatalmente o levará

 
(Ontem ao Luar)
(Maria Monte)



- Postado por: j-alled às 22h36
[ ] [ envie esta mensagem ]





20/06/2010

Eu vou ter que passar minha vida

Cantando uma só canção
Eu vou ter que aprender a viver
Sozinha na solidão

Eu vou ter que lembrar tantas vezes
O riso dos olhos seus
Eu vou ter que passar minha vida
Tentando esquecer este adeus

Eu vou ter que esquecer seu sorriso
E o pranto dos olhos meus
Eu vou ter que esquecer seu olhar
 Na hora do adeus

Eu vou ter que esquecer minha vida
Só você não percebe por que
Eu vou ter que passar minha vida
 Esquecendo você 
 
Música: Esquecendo você
Autoria: Tom Jobim
Interpretação
:GalCosta
                         
                   

12/04/2010

Posso te falar dos sonhos, das flores...
de como a cidade mudou...
Posso te falar do medo, do meu
desejo...
do meu
amor...
Posso falar da tarde que cai
E aos poucos deixa ver no céu a Lua
Que um dia eu te dei

Gosto de fechar os olhos
Fugir do tempo, de me perder
Posso até perder a hora
Mas sei que já passou das 6
Sei que não há no mundo
Quem possa te dizer
Que não é tua a Lua que eu te dei
Pra brilhar por onde você for
Me queira bem
Durma bem
Meu Amor

                          (A Lua Que Te dei
                           Ivete Sangalo)

01/01/2010

Eternamente


Todo o tempo quando
aqui não estás,
tem tanta tristeza
em volta de mim.

Mas a noite depois
te trará,
como esta noite,
perto de mim.

Não fales,
abraça-me e verás
que a minha tristeza
acabará.

E se me creres
o tempo pararei,
eternamente,
contigo.

E se tu o desejarás
o tempo pararei,
eternamente,
contigo.


( Canta: Nicola Di Bari )
( Autor: Charlie Chaplin - 1952 )
( 2ª Tradução: Ardo - 1969 )

( Titulo original: Limelight - Luzes da Ribalta )


21/01/2010

Lembra de mim!
Dos beijos que escrevi
Nos muros a giz
Os mais bonitos
Continuam por lá
Documentando
Que alguém foi feliz...

Lembra de mim!
Nós dois nas ruas
Provocando os casais
Amando mais
Do que o amor é capaz
Perto daqui
Há tempos atrás...

Lembra de mim!
A gente sempre
Se casava ao luar
Depois jogava
Os nossos corpos no mar
Tão naufragados
E exaustos de amar...

Lembra de mim!
Se existe um pouco
De prazer em sofrer
Querer te ver
Talvez eu fosse capaz
Perto daqui
Ou tarde demais...

Lembra de mim!...

Lembra de mim!
A gente sempre
Se casava ao luar
Depois jogava
Os nossos corpos no mar
Tão naufragados
E exaustos de amar...

Lembra de mim!
Se existe um pouco
De prazer em sofrer
Querer te ver
Talvez eu fosse capaz
Perto daqui
Ou tarde demais...

Lembra de mim!...



- Postado por: j-alled às 11h15
[ ] [ envie esta mensagem ]





28/11/2009

Não tenho medo de nada
porque vivo minha vida
como quem sorve uma taça
de preciosa bebida
saboreio lentamente
cada hora, cada dia
nas coisas que tão somente
fazem a minha alegria

Eu te dou um forte abraço
eu canto
eu digo um agrado
tudo pra ver teu sorriso
o teu sorriso é sagrado
e, às vezes, apenas isto
é luz que dissipa a treva

A gente leva da vida, amor
a vida que a gente leva

 Leva

(Leila Pinheiro)

 



- Postado por: j-alled às 16h46
[ ] [ envie esta mensagem ]





 24/11/2009

Sinto muito mas não vou medir palavras
Não se assuste com as verdades que eu disser
Quem não percebeu a dor do meu silêncio
Não conhece o coração de uma mulher
Eu não quero mais ser da sua vida
Nem um pouco do muito de um prazer ao seu dispor
Quero ser feliz
Não quero migalhas do seu amor
Do seu amor

Quem começa um caminho pelo fim
Perde a glória do aplauso na chegada
Como pode alguém querer cuidar de mim
Se de afeto esse alguém não entende nada
Eu não quero mais ser da sua vida
Nem um pouco do muito de um prazer ao seu dispor
Quero ser feliz
Não quero migalhas do seu amor
Do seu amor

Não foi esse o mundo que você me prometeu
Que mundo tão sem graça
Mais confuso do que o meu
Não adianta nem tentar
Maquiar antigas falhas
Se todo o amor que você tem pra me oferecer são migalhas
Migalhas

Eu não quero mais ser da sua vida
Nem um pouco do muito de um prazer ao seu dispor
Quero ser feliz
Não quero migalhas do seu amor
Do seu amor
Sinto muito mas não vou medir palavras
Sinto muito

Migalhas
(Simone)

 



- Postado por: j-alled às 21h51
[ ] [ envie esta mensagem ]





03/10/2009

Sonhar mais um sonho impossível
Lutar quando é fácil ceder
Vencer o inimigo invencível
Negar quando a regra é vender
Sofrer a tortura implacável
Romper a incabível prisão
Voar num limite provável
Tocar o inacessível chão
É minha lei, é minha questão
Virar este mundo, cravar este chão
Não me importa saber
Se é terrível demais
Quantas guerras terei que vencer
Por um pouco de paz
E amanhã se esse chão que eu beijei
For meu leito e perdão
Vou saber que valeu
Delirar e morrer de paixão
E assim, seja lá como for
Vai ter fim a infinita aflição
E o mundo vai ver uma flor
Brotar do impossível chão

Sonho Impossivel

Maria Betânia



- Postado por: j-alled às 00h03
[ ] [ envie esta mensagem ]





18/08/2009

Che Sono Innamorato
( Luciano Bruno)


 Da  tua  boca quero beber teus beijos
 Que são como gotas de orvalho
 E neste ceu escrever teu nome
 Bem perto do meu
 Ao doce som da minha guitarra
 Dizer-te coisas que tenho em meu peito
 Fazer sentires nesta noite enluarada
 Aquilo que sinto.

 Que estou apaixonado...
 E o amor é tão grande
 Que estou apaixonado...
 Eu e tu..como é belo amar-te!!


 Se em seu corpo fosse prisioneiro
 Confundiria o teu respirar como o meu
 E por fim unir meus sentimentos
 Com a tua vida
 Abandonado em uma praia vazia
 Poderei viver somente  de recordações
 E ao sabor daquele primeiro beijo
 Que ainda sinto.

 Que estou apaixonado...
 E o amor é tão grande
 Que estou apaixonado...
 Eu e tu..como é belo amar-te!!

 Quero sentir o calor da tua pele norma
 E incendiar o teu corpo
 Com caricias ardentes
 E partirei contigo
 Sonhando intensamente.

 Que estou apaixonado...
 E o amor é tão grande
 Que estou apaixonado...
 Eu e tu..como é belo amar-te!! 



- Postado por: j-alled às 22h46
[ ] [ envie esta mensagem ]





21/05/2009

Sem você a vida pode parecer
Um porto além de mim

Coração sangrando
Caminhos de sol no fim

Nada resta mas o fruto que se tem
É o bastante pra querer
Um minuto além
Do que eu possa andar com você

Te amo e o tempo não varreu isso de mim
Por isso estou partido e tão forte assim
O amor fez parte de tudo que nos guiou
Na inocência cega, no risco das palavras certas
e até no risco da palavra: amor!

                                           Caminhos de Sol
                                          Zizi Possi



- Postado por: j-alled às 00h26
[ ] [ envie esta mensagem ]





08/05/2009

Mãe sou tão feliz
porque retorno perto de ti.
A minha canção te diz,
que é o mais belo dia para mim.
Mãe sou tão feliz,
viver longe, porque.

Mãe,
somente para ti a minha canção voa.
Mãe,
estarás comigo, tu não estarás mais sozinha.

Quanto te quero bem,
estas palavras de amor
que te suspira o meu coração,
talvez não se usem mais.

Mãe,
mas a minha canção mais bela és tu,
és tu a vida
e pelo resto da vida não te deixo nunca mais.

Sinto a tua mão cansada,
procura os meus caracóis de ouro.
Sinto, e a voz te falha,
a nana-nana daquele tempo.
Hoje a tua cabeça branca
eu quero apertar no meu coração.

Mãe,
somente para ti a minha canção voa.
Mãe,
estarás comigo, tu não estarás mais sozinha.

Quanto te quero bem,
estas palavras de amor
que te suspira o meu coração,
talvez não se usem mais.

Mãe,
mas a minha canção mais bela és tu,
és tu a vida
e pelo resto da vida não te deixo nunca mais.

Quanto te quero bem,
estas palavras de amor
que te suspira o meu coração,
talvez não se usem mais.

Mãe,
mas a minha canção mais bela és tu,
és tu a vida
e pelo resto da vida não te deixo nunca mais.

Mãe, nunca mais!


 Mamma
 ( Salvatore Polcaro )
( Autores: C. A. Bixio - B. Cherubini - 1940 )



- Postado por: j-alled às 20h00
[ ] [ envie esta mensagem ]





24/04/2009 


Foi assim, como ver o mar
A primeira vez que os meus olhos se viram no seu olhar
Não tive a intenção de me apaixonar
Mera distração e já era momento de se gostar

Quando eu dei por mim nem tentei fugir
Do visgo que me prendeu dentro do seu olhar
Quando eu mergulhei no azul do mar
Sabia que era amor e vinha pra ficar

Daria prá pintar todo azul do céu
Dava prá encher o universo da vida que eu quis prá mim
Tudo que eu fiz foi me confessar
Escravo do teu amor, livre para amar
Quando eu mergulhei fundo nesse olhar
Fui dono do mar azul, de todo azul do mar
Foi assim, como ver o mar
Foi a primeira vez que eu vi o mar
Onda azul, todo azul do mar
Daria pra beber todo azul do mar
Foi quando eu mergulhei no azul do mar

         Todo Azul do Mar
      (Flávio Venturini)

Fecho os olhos pra não ver
Passar o tempo,
Sinto falta de você
Anjo bom,
Amor perfeito no meu peito,
Sem você não sei viver
Vem,
Que eu conto os dias
Conto as horas pra te ver
Eu não consigo te esquecer
Cada minuto é muito tempo sem você,
Sem você
Os segundos vão passando lentamente,
Não tem hora pra chegar
Até quando te querendo,T
Te amando,
Coração quer te encontrar
Vem,
Que nos seus braços
Esse amor é uma canção
E eu não consigo te esquecer
Cada minuto é muito tempo sem você,
Sem você
Eu não vou saber me acostumar
Sem sua mão pra me acalmar
Sem seu olhar pra me entender,
Sem seu carinho, amor, sem você
Vem me tirar da solidão,
Fazer feliz meu coração
Já não importa quem errou,
O que passou,
Passou então vem
Vem, vem, vem

              Amor Perfeito
             ( Roberto Carlos)



- Postado por: j-alled às 18h39
[ ] [ envie esta mensagem ]





01/04/2009

Onde você estiver, não se equeça de mim

Com quem você estiver não se esqueça de mim

Eu quero apenas estar no seu pensamento

Por um momento pensar que você pensa em mim

Onde você estiver, não se esqueça de mim

Mesmo que exista outro amor que te faça feliz

Se resta, em sua lembrança,

 Um pouco do muito que eu te quis

Onde você estiver, não se esqueça de mim

Eu quero apenas estar no seu pensamento

Por um momento pensar que você pensa em mim

Onde você estiver, não se esqueça de mim

Quando você se lembrar não se esqueça que eu

Que eu não consigo apagar você da minha vida

Onde você estiver não se esqueça de mim

Não Se Esqueça de Mim
Nana Caymmi ( Erasmo Carlos )



- Postado por: j-alled às 22h46
[ ] [ envie esta mensagem ]





09/02/2009

Para quem bem viveu o amor 
duas vidas que abrem 
não acabam com a luz
São pequenas estrelas que correm no céu
tragetorias opostas
sem jamais deixar de se olhar.
 
É um carinho guardado
num cofre de um coração que voou
É um afeto deixado nas veias
de um coração que ficou.

É a certeza da eterna presença
da vida que foi, na vida que vai
é saudade da boa, feliz cantar

Que foi, foi, foi,
foi bom e pra sempre será
Mais, mais, mais
Maravilhosamente a.....mar

Que foi, foi, foi,
foi bom e pra sempre será
Mais, mais, mais
Maravilhosamente a.....mar

Feliz

(Gonzaguinha)



- Postado por: j-alled às 16h54
[ ] [ envie esta mensagem ]





20/01/2009

Às vezes me pergunto se
eu viverei sem ter você
se saberei te esquecer
passa um momento e eu já sei
você é o que eu quero ter
inesquecível para amar

Mais que uma história pra viver
o tempo parece dizer
não, não me deixe mais
nunca me deixe
quanto mais longe possa estar
é tudo o que eu quero pensar
não, não me deixe mais
porque eu te quero aqui
inesquecível em mim

Ouço a sua voz e a alegria
dentro de mim faz moradia
vira tatuagem sob a pele
te levo sempre em meu olhar
não canso de te procurar
entre meus lábios sinto a falta de você

E assim, profundamente meu
pra que pensar que existe adeus
não, não me deixe mais
nunca me deixe
já não preciso nem dizer
o quanto eu me apaixonei
não, não me deixe mais
nunca me deixe
e vou dizer porque

Se existe céu
você sempre será
inesquecível para amar, oh não!
não, não me deixe mais
nunca me deixe...

Inesquecível é você
digo então mais uma vez
não, não me deixe mais
nunca me deixe...

Tão grande em mim
sempre vai ser
essa vontade
de te ter
não, não me deixe mais...
nunca me deixe...

Quanto mais longe
possa estar
é tudo o que eu quero pensar
não, não me deixe mais
nunca me deixe...

Se eu não tiver você...

Agora e sempre vai estar
preso em meus olhos
inesquecível em mim.

(Inesquecível)

(Incancellabile-Laura Pausini)



- Postado por: j-alled às 21h33
[ ] [ envie esta mensagem ]





23/12/2008

Quando eu te encontrei
Eu não pensei que um grande amor eu fosse ter
Eu que só tinha amargura em meu viver
Eu que já estava tão cansado de sofrer
Vivendo só
Quando eu te encontrei
Lendo os seus olhos eu fiquei a imaginar
Que o meu mundo tu irias alegrar
Que eras tudo o que eu queria encontrar
Meu coração
Eu te entreguei
Me deste a vida enfim
Me deste amor
Me deste a razão para viver
E o que é que faz
E onde quer que eu vá
Irás comigo
Nos sonhos meus
Na minha mente
Eu não irei só
Irás também.
Quem pode medir
Um grande amor pelos minutos de paixão
A nossa história e nosso amor esta canção
Bem que procuro, não encontro explicação
Pra tanto amor.
Meu grande amor.


História de amor [love story]
Wanderley Cardoso



- Postado por: j-alled às 22h33
[ ] [ envie esta mensagem ]





08/12/2008

 

Vou te contar,

Os olhos já não podem ver,

 Coisas que só o coração pode entender,

 Fundamental é mesmo o amor,

 É impossível ser feliz sozinho.

 O resto é mar,

É tudo que eu não sei contar,

São coisas lindas que eu tenho pra te dar,

 Fundamental é mesmo o amor,

 É impossível ser feliz sozinho.

 Da primeira vez é a cidade,

 Da segunda o cais, a eternidade.

 Agora eu já sei,

 Da onda que se ergueu no mar

 E das estrelas que esquecemos de contar,

O amor se deixa surpreender

Enquanto a noite vem nos envolver.

(Wave-Tom Jobim)

È...
Eu vou pro ar
No azul mais lindo
Eu vou morar.
Eu quero um lugar
Que não tenha dono
Qualquer lugar.

Eu...
Quero encontrar
A Rosa dos Ventos
E me guiar.
Eu quero virar
Pássaro de prata
E só voar.

É...
Aqui onde estou
Esta é minha estrada
Por onde eu vou.
E quando eu cansar
Na linha do horizonte
Eu vou pousar.

(Linha do Horizonte-Azimuth)


 

 



- Postado por: j-alled às 20h51
[ ] [ envie esta mensagem ]





26/11/2008

 

Só nós dois é que sabemos
O quanto nos queremos bem
Só nós dois é que sabemos
Só nós dois e mais ninguém
Só nós dois avaliamos
Este amor, forte, profundo
Quando o amor acontece
Não pede licença ao mundo

Anda, abraça-me... beija-me
Encosta o teu peito ao meu
Esquece o que vai na rua
Vem ser meu, eu serei tua
Que falem, não nos interessa
O mundo não nos importa
O nosso mundo começa
Cá dentro da nossa porta

Só nós dois é que sabemos
O calor dos nossos beijos
Só nós dois é que sofremos
A tortura dos desejos
Vamos viver o presente
Tal qual a vida nos dá
O que reserva o futuro
Só deus sabe o que será

      (Só Nois Dois-Roberta Miranda )

 



- Postado por: j-alled às 02h47
[ ] [ envie esta mensagem ]